Indicadores socioeconômicos e desempenho educacional no estado do Tocantins-Br: uma realidade desafiadora apresentada a partir das microrregiões tocantinenses

Rogério Castro Ferreira, Ordália Dias da Silva Guilherme, Adão Francisco de Oliveira

Resumen


Os indicadores socioeconômicos são importantes ferramentas para o ordenamento de políticas e programas de planejamento estaduais, empresariais e da sociedade civil. Partindo dessa premissa, o presente artigo tem como principal objetivo discutir o desempenho educacional do estado do Tocantins frente aos indicadores socioeconômicos, no esforço de entender as relações causais entre educação e desigualdade, analisando de forma empírica e conceitual a atual conjuntura socioeducacional  tocantinense frente as suas oito microrregiões. Nessa perspectiva, realizouse uma análise crítica embasada em indicadores socioeconômicos e algumas de suas respectivas variáveis, bem como em indicadores educacionais (taxas de transição:  aprovação, reprovação, abandono e distorção idade/série). O diagnóstico apresentado, principalmente em relação aos desníveis regionais relacionados à educação e frente à análise crítica baseada na ideia de Educação como reprodução, presente no  Construtivismo Estruturalista de Pierre Bourdieu, chamou a atenção para a importância e a necessidade de se analisar, para além do desempenho dos estudantes, os fatores contextuais extraescolares passíveis de intervenção, que possam trazer  melhorias tanto ao sistema educacional como para a sociedade em geral.


Palavras-chave: Indicadores Socioeconômicos. Desempenho Educacional. Microrregiões. Tocantins.


Texto completo:

PDF

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Este trabajo está licenciado bajo la licencia Creative Commons Attribution 3.0 .
Power by: Journal Open System - Design by: Césarcar